Ressuscitando a poesia

renascer-da-poesia

Eu sempre quis escrever o melhor dos poemas.
Passei quase uma vida rabiscando papeis,
Descartando rascunhos,
Enchendo lixeiras,
Inspirado no vão.



Foram os poetas com os quais andei
Que fizeram-me saber:
A poesia não se cria,
Ela nasce…
Em quem ama o bastante e até mais.
E se apega a dores, principalmente alheia.
Em quem dentro de si, tem portas quebradas,
Mas nunca fechadas,
Pois sofre e não nega
E é honesto o bastante
Para se redescobrir.

Quem esconde o que sente
Mata sua própria poesia,
Pois já morreu antes dela.
Então…
Agora me reescreverei
Começando de dentro
Tentando viver e dar luz a poesia
Que um dia matei.

Adeneir Sousa.

Saber mais sobre o autor:


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>