Poemas

Hoje decidi que não vou sonhar

nao-vou-sonhar

Hoje decidi que não vou sonhar…
quero tirar o dia todo para o “aqui agora”.

Deu-me vontade fugir dessa tendência que o líder tem de se entregar aos seus sonhos.
e se perder em seus projetos.
Hoje quero me plantar no presente.

Demorar um pouco mais na padaria,
conversar com meus vizinhos e dar um abraço mais longo em cada um dos meus filhos.

Quero também resolver pequenos problemas,
refletir e ver se não estou decepcionando alguém que me cerca,
quero ter tempo para elogiar pessoas.

Se não encontro comigo mesmo
na passageira dádiva vida
Corro o risco de morrer sem ver
que amigos construíram do meu lado…

Vou ajudar nos preparativos do jantar,
quero surpreender pela simplicidade.
Vou dar uma mexida na minha realidade…

É…Hoje decidi que não vou sonhar…

Pr. Adeneir Sousa

Saber mais sobre o autor


Ainda me pego polindo minhas medalhas

medalhas
Já tirei todos os meus diplomas de teologia, filosofia e outras “logias” da parede porque descobri que me identificando com as pessoas, me torno mais parecido com meu Mestre. Não uso mais terno, ministro de tênis.

Sou mais pastor do que nunca, mas não faço questão de usar o “PR” antes do nome e pra falar a verdade, até gosto quando um de meus jovens discípulos, com aqueles rostinhos mais lindos, chegam até mim e dizem: “E ai véi?”

Confesso que foi muito fácil me abster de tudo que representa um título ou credencial. O difícil é livrar do orgulho de “ser”, que fica plantado para sempre dentro do coração que vez por outra quer voltar a se sentir como o “rei”, mesmo que seja em um modelo religioso falido.

As vezes, ainda me pego pensando que sou mais importante que os outros, que mereço um melhor tratamento, que preciso ser honrado e que tudo tem que girar em torno de mim.

É…As vezes me esqueço que sou um soldado servo, que me comprometi a tão somente lutar por uma causa e não por méritos pessoais, posições que até hoje só serviram para me tornar pior do que realmente sou…

…Às vezes ainda me pego polindo minhas medalhas.

E você? Também Tem feito com que suas medalhas brilhem mais do que a causa?

Por: Adeneir Sousa – 16/10/2010


A Solidão na vida do líder…

solidão
Parece ironia, mas o líder às vezes se sente muito só…

Mesmo sendo amado, disputado e até venerado, e, seguro de que muitos querem estar perto dele, o líder experimenta o mais terrível dos sentimentos: O de saber que ainda que esteja no meio de uma grande multidão, não poucas vezes, ele se vê sozinho.

Porque a solidão vem quando ele vive momentos de adversidade, de tensão e de preocupação e olhando ao seu lado ele percebe que ninguém há que consiga compreendê-lo ou ajudá-lo e, que para certas questões, não há ninguém em que ele possa confiar.

A solidão na vida de um líder é uma grande dádiva de Deus. É o momento dado para que ele reflita, aprenda, decida, sonhe e busque novas alternativas.

Na solidão do líder, ele dorme no colo de Deus.

E você..? Tem tirado proveito de seus momentos de solidão?