Famoso pregador alerta sobre efeitos da pornografia da internet no cérebro humano

john-piper

Em um estudo recente, o pregador e escritor John Piper trouxe à tona um sinal de alerta para os efeitos do vício em pornografia na internet, descobertos através de uma pesquisa neurológica, segundo o blog Desiring God.

das pessoas, a pesquisa aponta que o efeito sobre o cérebro humano é tão poderoso, ou até mesmo mais do que substâncias químicas que causam dependência como cocaína ou heroína.
Ao comparar com com estudo sobre drogas da Universidade de Princeton (EUA), Piper indica que se há 1,9 milhões de usuários de heroína nos Estados Unidos, o número de viciados em pornografia também pode ser muito grande, com a estimativa de 40 milhões de usuários regulares.

perigo está no fato de que não há um controle mais intenso da distribuição do conteúdo, que é disponibilizado em grande quantidade e “quase sem resistência”, conforme apontou o autor Morgan Bennett do Witherspoon.

Segundo Bennett, a pornografia faz ultrapassar os limites do nível de dopamina no cérebro por conta da sensação de prazer. A dopamina é responsável por transmitir o impulso nervoso que libera algumas substâncias no corpo do ser humano consideradas viciantes, por conta de sua alta dependência uma vez que é consumida pelo organismo.

Outro ponto negativo é que este ciclo vicioso compromete a vida espiritual, o que não é surpresa aos olhos de Deus. Segundo Piper, o Senhor “projetou a interação entre o cérebro e a alma. E qualquer descoberta de dimensão física que afeta a realidade espiritual não anula a realidade espiritual”, resume ele.

Dentro deste contexto, o consumo de obscenidades ainda que limitado pela visão não afasta o homem da transgressão e do pecado. “Mas eu digo: Qualquer que olhar para uma mulher e desejá-la, já cometeu adultério com ela no seu coração”, diz a Bíblia em Mateus 5:28.

Mas apesar das atribulações causadas pela pornografia, Piper salienta que há esperança, pois Deus tem a última palavra diante dos desvios cometidos pelo pecado da carne.
“O Espírito Santo tem o poder maior. Nós não somos meras vítimas de nossos olhos e nosso cérebro. Tenho conhecimento disso pela Escritura e por experiência”, conclui o autor que se aposentou no início deste ano após 33 anos como pastor na Igreja Batista Betel de Minneapolis (EUA).

The Cristian Post

One Response to Famoso pregador alerta sobre efeitos da pornografia da internet no cérebro humano

  1. Quem está envolvido com esta prática, pensa que DEUS não reprova as práticas homossexuais. Por outro lado há aqueles que veementemente reprova o homossexualismo, pois, entendem que o DEUS da BÍBLIA condena, reprova e não aceita tal prática.

    Certo dia li um jornal onde um pastor dizia que “um estudo honesto e corajoso das ESCRITURAS nos
    mostrará que a BÍBLIA não condena o homossexualismo”. Bem, pastor deste tipo demonstra claramente que não conhece AS ESCRITURAS nem o DEUS da BÍBLIA.

    A BÍBLIA diz que nos últimos tempos, apostatarão alguns da fé, dando ouvido a espíritos enganadores e a doutrinas de demônios (1 Tm 4.1). Quem concorda ou pratica o homossexualismo; ou é um apostata (abandonou a fé) e segui ensinos de demônios, ou não sabe o que DEUS pensa sobre o homossexualismo.

    Bem, vejamos aqui um estudo honesto e corajoso sobre a referida prática. Este estudo é feito tendo como base dois princípios indispensáveis tanto para quem ensina, quanto para quem estuda qualquer assunto bíblico.

    Primeiro princípio: NÃO SE DEVE ACRESCENTAR ALGO À BÍBLIA;
    Segundo: NÃO SE DEVE DIMINUIR ALGO DA PALAVRA DE DEUS (leia Deuteronômio 4.2; Provérbios 30.5,6; Apocalipse 22.18,19).

    0s homossexuais e o Artigo 5°

    Tenho visto muitas críticas por parte de homossexuais aos cristãos, pelo fato dos cristãos não aceitarem e não concordarem com as práticas homossexuais. Somos chamados por alguns de preconceituosos e homofóbicos pelo simples fato de nos manifestarmos contra o homossexualismo!

    Quando um cristão se manifesta contra o homossexualismo, parece até que ele está cometendo um crime. Somos intimidados a se calar e aceitar o homossexualismo como se fosse algo normal.
    O Artigo 5° da Constituição da República Federativa do Brasil, nos da os direitos de livre manifestação de pensamento (IV) e liberdade de crença (VI).

    Sendo assim, podemos manifestar o nosso pensamento sobre as práticas homossexuais e também deixar claro para todo mundo a nossa crença sobre o homossexualismo.

    A nossa crença e pensamento são fundamentados na Bíblia Sagrada. Até a onde ela falar nós falaremos! A onde Ela se calar nós calaremos!
    O meu pensamento quero aqui expressar.

    1. Deus como pai criador, criou somente dois Sexos (Gn 1.27). Quem criou o terceiro sexo (O Homossexualismo) e implantou no coração de muitos, só pode ter sido, o Diabo, aquele que sempre tentou falsificar o que Deus fez.
    2. O Homossexualismo é uma prática reprovada tanto no Antigo como no Novo Testamento (Lv 18.22; 1Co 6.9,10).

    Quanto a minha crença sou um cristão protestante, e como o tal, acredito que:
    1. Todos homossexuais não entrarão no Reino de Deus;
    2. Se um homossexual se arrepender e se converter a Jesus Cristo, será perdoado, assim como Jesus perdoou um malfeitor prestes a morrer na cruz (Lu 23. 33 a 43).
    Todos têm o direito de discordar com minha crença e pensamento, porém não podem me privar do meu direito de pensamento e crença, garantidos pelo artigo 5° (IV, VI).

    O CRIADOR E O HOMOSSEXUALISMO

    A bíblia nos mostra Deus criando Macho (o homem) e a Fêmia (a mulher). Ao criar o macho e a fêmia, fica claro que apenas dois sexo foram criados!!!
    “E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou (Gn 1.27)”.

    O primeiro macho Deus colocou o nome de Adão (Gn 5.2). Já a primeira fêmia a chamou de Eva (Gn 3.20). Após Deus ter criador esse casal, o Criador ordena que o macho deveria se unir com a fêmia. E esta união é a que chamamos de união heterossexual.

    “Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne (Gn 2.24)”.

    A união do macho com a fêmea é a grande prova de que Deus criou os seres humanos para a união heterossexual e não homossexual.

    Aqueles que caíram na tolice de unir pessoas do mesmo sexo, acabaram pecando por se desviar do plano original do Criador. Este plano é;
    “Macho para a Fêmia e vice-versa”. Não há espaço no plano do Criador para o homossexualismo!!! Essa e a grande realidade!
    Quando se quer unir sexualmente, macho com macho, ou fêmea com fêmea, se está dizendo na prática que DEUS errou. DEUS é perfeito, portanto, não erra. Errados estão aqueles que são contra a vontade DEUS. Ser a favor do homossexualismo é estar contra a vontade Daquele que desde o principio criou macho e fêmea.

    A BÍBLIA E O HOMOSSEXUALISMO

    HOMOSSEXUALISMO: Práticas de atos sensuais entre indivíduos do mesmo sexo.
    Para a tristeza da menoria (o homossexualismo), e alegria daqueles que amam a DUES, há muitas passagens na Bíblia Sagrada que fazem menção do homossexualismo e todas condenado ou mostrando tal prática como algo degradante e abominável.

    CONFIRA EM SUA BÍBLIA:

    1. Gênesis 19.1-11;
    2. Levítico 18.22;
    3. Levítico 20.13;
    4. Deuteronômio 23.17;
    5. Juizes 19.22;
    6. Romanos 1.25-27;
    7. 1Coríntios 6.9,10;
    8. 1Timoteo 1.9,10.

    Uma vez que a BÍBLIA condena o homossexualismo, nós podemos e devemos reprovar também tal prática. O VERDADEIRO CRISTÃO ama a todos os seres humanos, pois amar o nosso próximo é o segundo maior mandamento bíblico (Mt 22.39). Porém, não podemos aceitar nem ficar calado em relação aquilo que a BÍBLIA condena.
    É dever de o crente obedecer ao que diz: E não sejais cúmplices nas obras infrutíferas das trevas; antes, porém, R-E-P-R-O-VAI-as (Ef 5.11). Não devemos pensar como muitos pensam: Não sou a favor nem sou contra. Não devemos ser a favor e ser contra! Não se deve tratar como sendo normal aquilo que DEUS trata como anormal!

    ALERTA DIVINA PARA OS HOMOSSEXUAIS

    HOMOSSEXUAL: Quem tem desejo sexual e sentimental por pessoas do mesmo sexo.
    Tanto no Antigo Testamento quanto no Novo, encontramos Deus alertando o seu povo sobre as práticas homossexuais.
    1Coríntios 6.9,10: Vocês não sabem que os perversos não herdarão o REINO DE DEUS?… Nem homossexuais passivos e ativos (NVI).

    Levítico 18.22: As práticas homossexuais são terminantemente proibidas! O homossexualismo é um pecado terrível (B. VIVA).

    Vejamos o que Norman Geisler diz sobre o texto de Levítico.

    A lei contra o homossexualismo é encontrada na lei levítica (Lv 18:22), ao lado de leis que proibiam comer carne de porco e camarão (Lv 11:2-3, 10). Mas estas leis cerimoniais foram abolidas (At 10:15). Sendo este o caso, alguns insistem em dizer que as leis contra o homossexualismo também não mais estão em vigor.

    SOLUÇÃO: As leis contra as práticas homossexuais não são apenas cerimoniais. Simplesmente porque a proibição do homossexualismo encontra-se em Levítico, isso não significa que essa lei fizesse parte da lei cerimonial que perdeu a validade.

    Em primeiro lugar, se a lei contra o homossexualismo fosse uma lei meramente cerimonial (e daí abolida), então o estupro, o incesto e a bestialidade também não seriam práticas moralmente erradas, já que elas são reprovadas no mesmo capítulo da condenação do homossexualismo (Lv 18:6-14; 22-23).

    Em segundo lugar, os pecados homossexuais entre os gentios foram também condenados por Deus (Rm 1:26), e os gentios não tinham leis cerimoniais (Rm 2:12-15). Foi precisamente por esta razão que Deus trouxe juízo aos cananeus (Gn 19:13,25).

    Em terceiro lugar, mesmo na lei judaica levítica havia uma diferença na penalidade imposta a quem violasse a lei cerimonial de não comer carne de porco nem camarão (que era alguns dias de isolamento) e a quem praticasse o homossexualismo (que era a pena de morte), conforme Levítico 18:29.

    Em quarto lugar, Jesus alterou as leis alimentares do AT (Mc 7:18; At 10:15), mas as proibições morais contra o homossexualismo continuam ainda prescritas para os crentes no NT (Rm 1:26-27; 1 Co 6:9; 1Tm l:10; Jd7).

    LIÇÕES SOBRE OS HOMOSSEXUAIS EM ROMANOS 1

    25 Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.
    26 Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza.
    27 E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.
    28 E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm;
    29 Estando cheios de toda a iniqüidade, prostituição, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade;
    30 Sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais e às mães;
    31 Néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, irreconciliáveis, sem misericórdia;
    32 Os quais, conhecendo a justiça de Deus ( que são dignos de morte os que tais coisas praticam ), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem.

    Em Romanos 1.25 ao 31, nota-se que os homossexuais são vistos “também” como:
    1. Alguém que mudou a verdade de Deus em mentiras (1.25);
    2. Alguém que está inflamado em sua sensualidade (1.27);
    3. Alguém que não se importa de ter conhecimento de Deus (1.28);
    4. Alguém que está entregue a um sentimento perverso (1.28);
    5. Alguém que está cheio de toda iniqüidade (1.29);
    6. Aborrecedores de Deus (1.30) e
    7. Néscios (1.31).

    Observe que estas palavras de alertas aos homossexuais, não vem da mente dos heterossexuais, e sim vem da Bíblia Sagrada.

    Quem quiser ser homossexual, que seja, as leia brasileiras garante este direito a quem desejar. Porém lembremos:

    “O SENHOR é tardio em irar-se, mas grande em poder, e ao culpado não tem por inocente (Naum 1.3)”.

    COMO DEUS VÊ O HOMOSSEXUALISMO

    O homossexualismo é visto por DEUS como:

    1. Impureza sensual;
    2. Relação contrária á natureza;
    3. Atos indecentes (Rm 1.24,26. 27. NVI).
    4. Contaminação da carne (Judas 8);
    5. Árvore mucha, infrutífera (Judas 12);
    Abominação (Lv 18.22);[ Abominação - Ato que causa revolta - Aquilo que devia ser rejeitado por ser impuro, reprovável, nojento e maldito]
    6. Envolvimento em paixões infames (Rm 1.26).

    Sabemos que esta forma de Deus vê o homossexualismo é atual (válida para hoje também) pelo fato de Ele ser imutável, não mudar.
    “Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação”(Tg 1.17).

    Já que no passado Deus via o homossexualismo como pecado, ainda hoje Ele o vê como pecado. O que é pecado para Deus nunca deixa de ser pecado pelo fato dele não mudar.

    A prática homossexual, bem como qualquer outro tipo de pecado não deve ser tratado com aprovação (Ef 5.11).

    CRIMINALIDADE E VIOLENCIA CONTRA HOMOSSEXUAIS JAMAIS!

    O verdadeiro cristão não pratica e não aceitas as práticas de crime e violência contra gays, lésbicas, travestis e transexuais.

    O segundo maior mandamento da bíblia diz:
    “ E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes (Marcos 12.31)”.

    “O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor (Romanos 13. 10)”.

    Quem comete crimes e violências contra homossexuais, está desobedecendo ao segundo maior mandamento bíblico. Quem pratica algum tipo de violência contra homossexuais, está no mínimo exteriorizando o ódio que carrega dentro de si. Quando amamos e não odiamos jamais praticaremos crimes contra quem quer que seja!

    Quem odeia ou praticar violência contra o seu próximo, deveria também gostar de ser odiado e ser tratado como tratou a seu próximo.

    “Trate os outros como quer que os outros tratem vocês (Lucas 6.31, Bíblia Viva)”.
    “Façam aos outros aquilo que vocês querem que eles façam a vocês mesmos (Mateus 7.12, Bíblia Viva)”.

    O cristão tem o duplo dever de não compactuar e reprovar as obras das trevas (Ef 5.11). Todas as práticas que são reprovadas pela Bíblia, certamente não estão na luz (em Jesus – João 12. 46). Sendo assim, as práticas homossexuais não estão na luz, logo, são obras das trevas. Porém isso não serve de justificativa para alguém humilhar ou cometer violências contra homossexuais.

    Você, perante as leis de nosso país, poder ser o que quiser. Porém diante de Deus a coisa não é bem assim.
    NO GOOGLE MISSIONARIO DIRCEU SOUZA DA SILVA

Deixe uma resposta para JUIZ DIRCEU SOUZA DA SILVA Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>